Desabafos

Hoje há uma dor... dor que pertuba, dói, judeia, fez a lágrima cair,

e nada de explicação, nada de consolo.

Em quem se espelhar? Em quem buscar força, coragem, apoio,...

para diminuir essa dor? Com quem compartilhar as angústias de

um peito arrochado, magoado, triste, desesperado, perturbado?

Apenas em Deus? Em quem, que desespero é esse?

Que dor é essa? É... apenas Deus, nesse momento

para diminuir tanta dor... pois, ele é o mais sincero e consolador dos homens.

Somente ele!

Buscar respostas, o porquê da vida ter fatos inaceitáveis é muito mais

Doloroso ainda, é mais sofredor.

Dentro do por que, vêm respostas, e perguntas... a gente se confunde e não conclui nada.

E a dor? Que dor é essa? Que rasga, perfura, queima, destrói tudo... acaba com o peito.

Por que não estamos preparados? Somos fracos, imaturos de espírito, falta de preparo?

O que é meu Deus? O Que é? Pois é muito ruim sofrer.

Passamos de mero acaso, e não sabemos de nada. Somente o silêncio

pode nos ajudar a refletir. A vida é dúvida, dura, cruel, não escolhe

a quem magoar, e ela quem domina, é ela quem mostra o certo e o errado,...

o bom e o ruim... o ontem, o hoje e somente ela quem tem e conhece o amanhã.

Mas, que dor é essa que estamos sentido?

Sei meu Deus, sem apenas que é uma dor onde não há respostas, que entrou, rasgou o peito e não tem explicação.

É a dor da saudades, de uma paixão, de um amor paterno, de mãe...

Porém dor a dor até aqui não se concretizou nenhuma palavra

para entender os fatos que vida nos revela.

Ela chega de repente mostra, rasga, faz agente chorar e agente chora,

grita, desabafa,... sofre como um condenado. E assim por diante dias de felicidade,

dias de dor, dias de saudades... o dia-a-dia.

O que fica desse desabafo? Nada, porque até aqui não foi explicado o porquê da vida,

Pois não sabemos e nunca vamos saber de nada, por mais que se tente.

A vida é assim, temos que compreender por mais triste e desesperador que seja.

É ASSIM, NADA MAIS.

URL curta (clique para copiar):
Compartilhe:

Gostei Não Gostei

Palavras chaves:

deus paz pensamento reflexão

Deixe o seu comentário: