Ingratidão

Ninguém assistiu ao enterro da tua feliz quimera.
Apesar a ingraditão essa pantera. Foi tua companheira inseparável.
Acostuma-te a lama que te espera. O homem, que nesta terra miserável, mora entre feras, torna-se então fera.
Toma um fósforo, acende teu cigarro, o beijo "amigo" é véspera do escarro.
A mão que te afaga é a mesma que apedreja.
Se alguém causa ainda pena a tua chaga, apedreja essa mão vil que te afaga, escarra nessa boca que te beija.

URL curta (clique para copiar):
Compartilhe:

Gostei Não Gostei

Palavras chaves:

amigo amizade ingratidão

Deixe o seu comentário: